Home ALTO ACRE Com o Alto Acre rebaixado, TJD/FFAC aplica punições brandas

Com o Alto Acre rebaixado, TJD/FFAC aplica punições brandas

MANOEL FAÇANHA

Com punições brandas, ocorreu na tarde e noite da terça-feira (25), na sede da Federação de Futebol do Acre, o segundo julgamento da Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportivo da Federação de Futebol do Acre (TJD-FFAC). Os auditores analisaram processos de atletas/treinador/massagista/clube que disputam o Campeonato Acreano 2017.

O caso mais esperado era do treinador Cristian de Souza, expulso no confronto do primeiro turno do estadual contra o Galvez. Após a defesa, os auditores aplicaram pena de um jogo de suspensão ao profissional, pena essa já cumprida.

Já o caso Alto Acre, que deixou de ser o julgamento mais esperado da temporada, devido o rebaixamento do clube, culminou com pena da perda de três pontos e multa de R$ 200,00. O clube da região do Alto Acre foi penalizado pelo fato de escalar na estreia do estadual todos seus jogadores de forma irregular (sem inscrição no BID – Boletim Informativo Diário) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Os jogadores Adriano Souza, do Humaitá, José Nilton, do Plácido de Castro e Ronaldo da Silva, do Vasco, foram apenas advertidos. O massagista Railton Gomes, do Andirá, e o jogador Cleyton de Souza, do Vasco, foram punidos com duas.