Home ANDIRÁ O grampo da sorte

O grampo da sorte

90
 PUBLICIDADE

Clique na capa para acessar a nova edição do Futebol Acreano em Revista

O artifício de grampear escudos de papel no lado esquerdo do uniforme do Andirá EC deu muito que falar durante a rodada dupla da última quinta-feira (6) na Arena da Floresta.

Sem um patrocínio para a disputa do Campeonato Acreano, os dirigentes andiraenses tiveram que improvisar de última hora o escudo morcegueiro para fixar a camisa do uniforme de cor branca e detalhe preto, pois o mando de campo do confronto pertencia ao Alto Acre.

O fato chegou a causar um pequeno atraso no início da partida e ainda teve o poder de tirar a concentração de alguns jogadores do referido clube nos primeiros minutos de jogo. No entanto, após duas vezes atrás do marcador, o Morcego contou com a sorte e a competência de sua garotada para virar o marcador diante do Alto Acre.

Jogador do Morcego bate o lateral e não percebe o escudo do clube de cabeça para baixo. Foto/Manoel Façanha

AS CURTINHAS

Uma das semifinais da Copa Verde envolvendo Rondoniense e Luverdense pode ocorrer na cidade de Rio Branco, dia 16 de abril.

Os primeiros contatos já foram mantidos pelo departamento de competições da CBF com o presidente Aquino Lopes (FFAC).

O motivo da saída do confronto da cidade de Porto Velho (RO) para Rio Branco diz respeito à capacidade de público do estádio Aluízio Ferreira, que é inferior a permitida nesta fase da competição.

O estádio Florestão para os jogos do domingo terá balizas novas, segundo informou na tarde de ontem (7) o presidente Antonio Aquino Lopes (FFAC).

Resta saber quem será o primeiro responsável (is) em colocar a ‘redondinha’ na rede das novas balizas.

Rebaixado para a Segunda Divisão, o capitão do Alto Acre, o zagueiro Eduardo, não poupou criticas ao grupo de jogadores, responsabilizando todo o grupo, incluído ele.

O atleta ainda confidenciou ainda que tem jogadores na equipe que deixavam de se dedicar ao clube para disputar competições amadoras na Bolívia.

Pelo jeito, o Papagaio corre risco de superar o Íbis na temporada, pois até aqui foram seis jogos, seis derrotas, 15 gols negativos (segunda pior defesa) e apenas 6 positivos (pior ataque do torneio).

Bom dia!