Home ATLÉTICO ACREANO Hoje tem encontro de Galos na Arena da Floresta pela Copa BR

Hoje tem encontro de Galos na Arena da Floresta pela Copa BR

259

MANOEL FAÇANHA

Após 25 anos e cincos meses o confronto entre Atlético Acreano e Atlético Mineiro volta a se repetir numa disputa de Copa do Brasil. O duelo está agendado para a noite desta quarta-feira (7), às 18h45, no estádio Arena da Floresta.

Neste um quarto de século muitas coisas aconteceram na vida dos dois clubes. O Galo acreano viveu entre o céu e o inferno, sendo, inclusive, saco de pancadas durante vários estaduais, caindo, inclusive, pelo placar de 10 a 0 a favor do Rio Branco, no dia 24 de junho de 2003. No entanto, na última década a equipe voltou a mostrar a sua tradição e força nos gramados amazônicos, conquistando o bicampeonato acreano nas temporadas de 2016/2017 e ainda o acesso à Série C do Campeonato Brasileiro. Já o Galo mineiro também viveu seu inferno astral e chegou a cair para a Série B na temporada 2005, mas recuperou o prestígio durante os anos seguintes, inclusive, conquistando a América, ao vencer a Taça Libertadores de 2013.

A história do confronto

Na véspera do confronto contra o Galo Carijó, em julho de 1992, o goleiro João Leite puxa a fila durante treino físico no José de Melo. Foto/Acervo Manoel Façanha

A história do primeiro confronto entre o Galo acreano e o xará mineiro ocorreu no dia 14 de julho de 1992, em Rio Branco-AC, estádio José de Melo, com vitória apertada dos mineiros por 1 a 0, gol do zagueiro André Figueiredo. No jogo da volta, dia 28, os mineiros venceram novamente, mas agora por 2 a 0, em jogo realizado no estádio Mineirão, em Belo Horizonte-MG. Os gols da vitória do time mineiro foram marcados por Sérgio Araújo e Chicão (contra).

No mês de agosto do ano passado, no Rio Grande do Sul, a equipe do Atlético Acreano fez um “jogo-treino” com o Galo mineiro. Na véspera da movimentação, a equipe acreana havia vencido o São José-RS por 1 a 0, jogo das quartas-de-final da Série D. Já o clube mineiro teria jogo em Porto Alegre-RS contra o Grêmio-RS pela Série A. O resultado da movimentação teria apontado vitória dos acreanos pelo placar mínimo, mas como houve inúmeras paralisações e o jogo ainda havia sido disputada em campo reduzindo com o time mineiro ajustando seu setor de defesa, acabou não se tratando de um jogo-treino, segundo informou a época a assessoria de imprensa do técnico Rogério Micale.

Mineiros têm retrospecto positivo

O Atlético-MG vai a campo com um dado positivo para encara na noite de hoje o xará acreano, isso se levarmos em conta o retrospecto dos confrontos entre acreanos e mineiros. Ao todo, foram sete jogos envolvendo os clubes dos dois estados. E o saldo é extremamente favorável aos rivais: um empate e seis vitórias dos mineiros entre 1992 e 2017. São 23 gols sofridos e apenas um marcado a favor das equipes acreanas.

A maior goleada do confronto entre os clubes dos dois estados ocorreu em 2010, quando o Galo mineiro derrotou o Juventus por 7 a 0, em jogo realizado no estádio Arena da Floresta.

Escalações

Os treinadores Álvaro Miguéis (Atlético-AC) e Oswaldo Oliveira (Atlético-MG) não vão realizar mudanças nas escalações de suas respectivas equipes em relação à última vez que ambas foram a campo, exceto Fábio Santos que retoma a titularidade da equipe mineira no lugar de Danilo.

Ficha técnica

Copa do Brasil
Data: 7/2/2018
Hora: 18h45
Estádio: Arena da Floresta
Árbitro: João Batista de Arruda (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moises e Luiz Antonio Muniz de Oliveira (RJ)

Atlético-AC: Rafael Barrios, Matheus, Diego, João Marcos e Jeferson; Leandro Jucá, Kássio e Ancelmo; Araújo Jordão, Polaco e Rafael Barros. Técnico: Álvaro Miguéis

Atlético-MG: Victor; Samuel Xavier, Leonardo Silva, Gabriel e Danilo; Arouca, Elias e Cazares e Róger Guedes, Ricardo Oliveira e Otero. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

Artigos relacionados