Home COLUNA DO DANDÃO Animação

Animação

60

Do ponto de vista das goleadas, pode-se dizer que começou animadíssimo o campeonato acreano de futebol 2018. Foram onze os gols marcados nos dois primeiros jogos. Oito do Atlético e três do Rio Branco, contra zero do São Francisco e do Andirá, respectivamente. Onze gols!

A lógica foi confirmada. Se fosse num teste da Loteria Esportiva, todo mundo teria acertado. Só um louco ou alguma criatura que tivesse a pretensão de ganhar sozinha no citado teste marcaria outra coisa que não fosse a vitória do Galo sobre o São Chico e a do Estrelão sobre o Morcego.

Na boa mesmo, a diferença de estrutura entre vencedores e perdedores é abissal. O Andirá é um herói da resistência esportiva. Entra em campo ano após ano só mesmo pelo prazer de competir e manter o nome do clube lembrado pela galera. E o São Francisco só entrou no game de última hora.

O São Francisco, deve-se lembrar, só está disputando o campeonato atual pela desistência da Adesg, campeã da segunda divisão do ano passado. O time do Quinari, alegando falta de apoio, desistiu de participar no apagar das luzes. E o São Chico, demonstrando ser clube de fé, topou a parada.

Assim, são objetivos bem distintos os de Atlético, Rio Branco, São Francisco e Andirá na competição que recém iniciou. Enquanto os dois primeiros entram em campo para massacrar os adversários, conquistar os três pontos e perseguir o título, os outros dois só querem permanecer na “elite”.

Franco atiradores, São Francisco e Andirá ficarão muito felizes se, eventualmente, roubarem um pontinho dos chamados “bichos-papões”. Caso em que os adversários mergulharão numa onda de desconfiança (ou crise) de impensáveis proporções. Ninguém pode perder pontos para os pequenos.

Por todas essas razões, apesar da satisfação pela vitória de goleada, eu penso que tanto o Atlético quanto o Rio Branco devem manter os pés bem grudados no chão. Rigorosamente, as pedreiras estão por vir. São Francisco e Andirá foram meros treinos de luxo. Valendo pontos, mas apenas treinos!

E igualmente, pelas mesmíssimas razões, eu também penso que o campeonato de verdade para os dois perdedores ainda vem pela frente. Justamente o confronto entre ambos. O campeonato de São Francisco e Andirá é o confronto direto. Quem passar pelo outro, fica bem vivo na fita.

Então é isso. Que venham os próximos capítulos. É um ano de pleno futebol no planeta bola. E eu confesso que estou ansioso para ver os times do Acre se confrontando com equipes de outros estados. Daqui a pouco chega a Copa Verde, a Copa do Brasil, bem como as séries C e D. Avante!

Artigos relacionados

118

35