Home ATLÉTICO ACREANO Na estreia do Acreanão, Galo Carijó castiga o São Chico: 8 a...

Na estreia do Acreanão, Galo Carijó castiga o São Chico: 8 a 0

Com quatro gols no primeiro e outros quatro no segundo tempo de partida, o Atlético Acreano fez grande estreia na disputa do 30º Campeonato Acreano, ao vencer na tarde de ontem (21), no estádio Florestão, o time católico do São Francisco por 8 a 0. Os gols da vitória do Galo Carijó foram anotados por Ancelmo (3), Araújo Jordão (3), Rafael Barros e Neto Pêssoa.

Com a vitória, o Galo Carijó lidera o grupo A, com três pontos ganhos. O próximo adversário da equipe celeste será o Vasco da Gama. O confronto ocorre no próximo sábado (27), às 15h30, no estádio Florestão. Um dia depois, às 15h30, São Chico, lanterna do grupo B, visita o Plácido de Castro, mas o estádio Ferreirão ainda depende dos laudos.

Jogo

A partida começou com o time católico carimbando a trave atleticana, aos 7 minutos. Refeito do susto, o Galo apertou o adversário e abriu o placar aos 13 minutos, após jogada rápida de Polaco para a conclusão do oportunista Rafael Barros.

O empate católico quase veio três minutos depois, mas a bola voltou a explodir na trave do goleiro celeste Rafael Barros. Sorte!

Com mais posse de bola e controlando o jogo, o Galo Carijó ampliou a vantagem numa bela bola parada de Ancelmo, aos 26 minutos. O gol deu mais confiança ao time celeste que chegou ao terceiro gol numa jogada de velocidade. O atacante Polaco entrou pelo lado esquerdo e serviu o estreante Araújo Jordão, aos 28 minutos.

O Galo ainda encontrou tempo para marcar o quarto gol antes do intervalo de partida. Rafael Barros ganhou da defesa católica pelo lado esquerdo e serviu o meia Ancelmo, este, com estilo, mandou a redondinha para a rede do goleiro Igor, aos 36 minutos.

O meia Ancelmo, com estilo, marcou o quarto gol do time celeste na vitória maiúscula sobre o São Chico. Foto/Manoel Façanha

No segundo tempo, mesmo com o atacante Polaco poupado, o Galo Carijó manteve o ritmo de partida e, aos 5 minutos, o atacante Rafael Barros escorou cruzamento para a rede católica.

Com o São Francisco sentindo o aspecto físico e falta de ritmo de jogo, o Galo continuou dando as cartas e não teve dificuldade para chegar aos sexto gol numa assistência de Araújo Jordão para o meio da área do São Chico. O meia Ancelmo pegou a sobra de bola e mandou para a rede.

Três minutos depois, o bicampeão acreano chegou ao sétimo gol com o oportunista Araújo Jordão. A goleada celeste foi concretiza na última volta do ponteiro, através do atacante Neto Pêssoa.

Artigos relacionados