Home NA MARCA DA CAL Oito clubes e o mesmo adversário

Oito clubes e o mesmo adversário

170

Neste início de pré-temporada visando à disputa do Campeonato Acreano, o grande adversário disparado dos clubes é o rigoroso inverno amazônico. A cada instante um treinador é obrigado a mudar o seu planejamento esboçado durante a semana. Tudo neste início de pré-temporada está condicionado ao clima, assim como as condições do gramado.

Restando pouco menos de dez dias para a bola rolar para a disputa do 30º Campeonato Acreano de Futebol Profissional, acredito que o fator clima poderá ser decisivo durante alguns jogos, pois com o gramado encharcado, teoricamente, nivela as equipes e, assim, outro fator poderá ser ainda mais determinante neste início de competição: o fator físico.

No entanto, na próxima semana, com chuva ou sol, cada treinador vai priorizar o trabalho com bola no gramado seco ou molhado, servindo para o atleta se familiarizar com a condição do gramado escorregadio. Outro ponto não menos importante neste início de disputa diz respeito à oportunidade que o atleta terá para testar sua chuteira antes do jogo de estreia.

No mais é torcer e orar para as chuvas diminuírem, principalmente nos dias de jogos, pois o futebol arte não combina com gramado encharcado e minha lente tem horror à água de chuva.

AS CURTINHAS

A fraca campanha do Rio Branco na disputa da Copa São Paulo de Futebol de Júnior já fez duas vítimas.

A diretoria estrelada confirmou o desligamento do técnico Elizaldo Torres e a também do coordenador das categorias de base, professor Paulo Roberto Oliveira.

Uma coisa precisa ser dita, a culpa pela fraca campanha do alvirrubro no torneio paulista não pode ser creditada somente na conta da dupla Elizaldo Torres e Paulo Roberto, ela precisa ser dividida entre todos que fazem o clube.

Bom dia!

Artigos relacionados