Home MAIS FUTEBOL Amigos do Jesus vence outra vez os amigos do Adem

Amigos do Jesus vence outra vez os amigos do Adem

173

MANOEL FAÇANHA

Com os boleiros Weverton, Careca, Matheus Pato e Athirson em campo, ocorreu na última quinta-feira (21), a décima edição do jogo beneficente entre Amigos do Adem x Amigos do Jesus. O evento foi realizado no estádio Florestão e serviu ainda para arrecadar donativos para famílias carentes da periferia de Rio Branco.

Com quatro vitórias nos confrontos, a equipe dos Amigos do Adem buscava igualar os confrontos. O meia Careca e o atacante Matheus Pato eram as esperanças da equipe do empresário para igualar os confrontos na sua décima edição. No entanto, numa noite pra lá de inspirada com a bola nos pés, o goleiro Weverton marcou dois gols da vitória dos Amigos de Jesus por 4 a 0. Higor e Djailton completaram a goleada do time do professor do Sesc.

Numa noite pra lá de inspirada com a bola nos pés, o goleiro Weverton marcou dois gols da vitória dos Amigos de Jesus por 4 a 0. Foto/Manoel Façanha

A décima edição do jogo beneficente entre Amigos do Adem x Amigos do Jesus contou com a presença ainda de vários boleiros do presente e passado, entre eles, Paulinho Pitbull, Marquinhos Calafate, Jeferson, Tidalzinho, Edvandro, Pitiú, Duarte, Fábio, Velho, Davi Zaire, Torres, Josué, Cleudo, Rozier, Rener, Eli Roberto, Uchoa e tantos outros. O prefeito Marcus Alexandre e o deputado estadual Ney Amorim também estiveram em campo vestindo as cores da equipe do Amigos do Jesus.

O meia Careca era a esperança de gols da equipe do empresário Adem Araújo. Foto/Manoel Façanha

Avaliação

Finalizado o jogo festivo, o Jesus Silva, ao recebe o troféu da vitória, deixou claro que o resultado era o que menos importava naquele momento, pois o grande objetivo era a confraternização entre os amigos, assim como a arrecadação de donativos as pessoas carentes da nossa cidade.

O empresário Adem Araújo esteve em campo apenas dez minutos. Foto/Manoel Façanha.

O empresário Adem Araújo esteve em campo apenas dez minutos e, ao sentir uma lesão na virilha, pediu substituição. Bem humorado, ele levou na esportiva a derrota para o time do amigo Jesus e ainda brincou com a situação: “Foi armação do Jesus, mas no ano que vem iremos mudar o regulamento e aplicar o troco”, disse sorridente o empresário.