Home ALTO ACRE Futebol acreano vive noite de glamour no Plus Gran Lumni Hotel

Futebol acreano vive noite de glamour no Plus Gran Lumni Hotel

DA REDAÇÃO

O salão de festas do Plus Gran Lumni Hotel recebeu na noite da última quarta-feira (20) mais de 100 convidados para a festa de entrega da premiação dos melhores do Campeonato Acreano 2017. O evento ainda contou com o lançamento da sétima edição de “Futebol Acreano em Revista”. A festa é organizada anualmente pela Federação de Futebol do Acre.

O goleiro Weverton posa para fotografia com o cronista esportivo Manoel Façanha. Foto/Raimundo Afonso

Entre os convidados estava o goleiro Weverton, hoje no Palmeiras. O atleta atendeu os fãs, ora tirando fotografias e ora cumprimentando os presentes. O arqueiro ainda recebeu elogios do presidente da Federação de Futebol do Acre, advogado Antonio Aquino Lopes. Segundo o dirigente, Weverton é o embaixador do futebol acreano no país.

Feliz com a presença dos convidados, assim como dos homenageados, Aquino Lopes, declarou em público que o futebol acreano viveu um ano positivo, tanto que ultrapassou no ranking da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) o vizinho estado do Amazonas, um sonho antigo do dirigente, lembrando que o sucesso disso é mérito principalmente dos clubes.

O narrador esportivo Joaquim Ferreira, o dirigente Aquino Lopes e o ex-zagueiro Mário Mota durante confraternização. Foto/Manoel Façanha

A Festa contou com a participação de bom número de cronistas esportivos. Foto/Raimundo Afonso

Outro bastante assediado na festa era o meia-atacante Careca. O atleta, após boa participação com a camisa do Galo Carijó na disputa do Campeonato Brasileiro da Série D, acabou transferido para o Cruzeiro-MG. Eleito craque do último estadual, Careca também esbanjou simpatia com os amigos da bola e também com o público.

Galo volta a dominar a seleção do Estadual

Outro bastante assediado na festa era o meia-atacante Careca. Foto/Manoel Façanha

Nesta temporada, o bicampeão Atlético Acreano voltou a dominar a seleção do estadual, com sete indicações: Babau (goleiro) Januário (lateral direito), Diego e Pé de Ferro (zagueiros), Leandro Jucá e Joel (volantes) e Careca (meia). O atacante Marcelo Brás (Plácido de Castro) foi unanimidade entre participantes da eleição. O lateral esquerdo Thiaguinho (Galvez), o meia-atacante Xuxa (RBFC) e o atacante Araújo Jordão (RBFC) completam a seleção.

O clube celeste ainda emplacou o craque e a revelação do torneio. O meia-atacante Careca teve sete indicações dos 13 votos, superando o companheiro de equipe Joel (2 votos). O atacante Matheus Nego (Rio Branco) foi eleito a revelação da competição. Carapanã (Humaitá), Juninho (Humaitá) e Daniego (Vasco) também receberam votos.

Mais uma vez, o posto de melhor técnico da temporada coube ao professor Álvaro Miguéis (Atlético Acreano). O profissional recebeu 11 votos, contra dois de Marcelo Altino.

Com 11 votos, o árbitro Josimar Almeida acabou eleito o melhor da temporada, superando Antonio Neuriclaudio. Numa disputa acirrada, Rener Santos superou a assistente Roseane Amorim, foram oito contra seis votos a favor do experiente assistente.

Homenagens

Entre os personagens do “Futebol Acreano em Revista” presentes à festa destaca-se a figura do narrador esportivo Joaquim Ferreira. Hoje já aposentado do rádio, ele estava demasiadamente agradecido pelo reconhecimento dado à pessoa dele pela FFAC. “Quero agradecer ao Aquino Lopes, aos jornalistas Francisco Dandão, assim como ao Manoel Façanha, pela gentileza da homenagem”, comentou com o ex-narrador de 71 anos com olhar saudosista.

O ex-craque Carlinhos Bonamigo estava sorridente ao lado da família. Foto/Manoel Façanha

O craque Carlinhos Bonamigo era outro que estava em noite pra lá de feliz, pois também era um dos personagens da revista, assim como o zagueiro Mário Mota, esse jamais advertido nas suas mais de duas décadas perseguindo os mais diversos goleadores, tanto que ganhou o prêmio Belfort Duarte.

O atacante Marcelo Brás também foi outro personagem da revista da FFAC. Foto/Manoel Façanha.

Artilheiro das duas divisões do futebol local, o atacante Marcelo Brás também era outro personagem da revista da FFAC que demonstrava satisfação com a homenagem recebida. O jogador agradeceu ao presidente Aquino Lopes, assim como ao jornalista Manoel Façanha pela oportunidade de sua história futebolística ser contada nas páginas da revista.

A festa foi finalizada com a entrega da premiação aos melhores da temporada e a distribuição da sétima edição do “Futebol Acreano em Revista”. Um jantar ainda foi servido aos convidados.

Revista é um resgate da memória futebolística, diz Façanha

A sétima edição do “Futebol Acreano em Revista” ganhou as ruas. A obra é de responsabilidade da Federação de Futebol do Acre, e escrita pelos jornalistas Manoel Façanha e Francisco Dandão.

A revista conta com 100 páginas de puro futebol, constando entrevistas com ex-craques e personalidades do mundo futebolístico local. E, nesta edição, o jornalista Manoel Façanha, ao lado do ícone Joaquim Ferreira, um dos grandes narradores esportivos do Acre (já aposentou a garganta), foram homenageados na seção ‘Personagens da Crônica’, com texto produzido pelo professor Francisco Dandão.

Os jornalistas esportivos Raimundo Fernandes e Manoel Façanha trabalharam juntos no Jornal O Rio Branco e Opinião. Foto/Raimundo Afonso

O jornalista esportivo Manoel Façanha foi um dos responsáveis na produção da revista. Foto/Raimundo Afonso