Home GALVEZ Vasco surpreende o Galvez e conquista o título do sub-13

Vasco surpreende o Galvez e conquista o título do sub-13

467

MANOEL FAÇANHA

Mais uma vez a zebra foi ‘solta’ no estádio Florestão durante a disputa de um título de categoria de base. Na tarde de ontem (29), o favorito Galvez parou nas mãos do goleiro vascaíno Yan. O arqueiro, além de importantes defesas durante o tempo regulamentar de partida, foi decisivo ao pegar a cobrança de penalidade do lateral imperialista Kauã, assim garantindo a conquista do Campeonato Acreano de Futebol Sub-13 ao time da Fazendinha.

Jogo

O goleiro Yan mostrou eficiência na cobertura de seus zagueiros no jogo decisivo contra o Galvez. Foto/Manoel Façanha

O torcedor que foi ao Florestão para prestigiar a decisão do sub-13 assistiu um primeiro tempo dominado pelo Imperador. As melhores chances de gols foram construídas em jogadas individuais pelos atletas da equipe militar, mas goleiro vascaíno Yan mostrou eficiência e segurança.

Sem gols

Na etapa complementar de jogo, o Galvez manteve a postura ofensiva contra um Vasco da Gama bem fechado e pouco eficiente no ataque.

Numa troca de passe pelo lado direito, o Galvez criou a melhor oportunidade de gol com o atacante Pedro. O artilheiro ganhou na velocidade do zagueiro vascaíno, mas parou nas mãos do arqueiro Cruz-de-Malta, numa defesa à queima-roupa.

Com mais posse de bola, o Galvez continuou buscando o gol vascaíno, mas tinha dificuldades na troca de passe. Outro erro da equipe militar era explorar muito pouco as jogadas pelos lados, assim com o passar do tempo, os jogadores abusavam da individualidade e o gol não saiu.

Penalidades

O goleiro vascaíno Yan defende a cobrança de Cauã durante a decisão de cobranças de penalidades. Foto/Manoel Façanha

Nas penalidades, o Vasco mostrou eficiência. O goleiro Yan voltou a brilhar e fez grande defesa na cobrança do tiro livre de Cauã, o suficiente para o time Cruz-de-Malta vencer o confronto de tiros livres por 5 a 3.

O herói

Feliz com a conquista, o arqueiro vascaíno explicou que estava um pouco nervoso, mas superou a dificuldade pela confiança passando pelos companheiros de equipe. O goleiro disse ainda que na penalidade defendida sentiu que o jogador adversário iria cobrar no canto direito a cobrança e, assim, foi com confiança para a bola.

Avaliação

Esse ano fizemos o Campeonato sub-13 com seis datas disponíveis, algo importante para valorizar essa categoria, explicou o presidente da Federação de Futebol do Acre, Antonio Aquino Lopes.

O presidente vascaíno, Renato Machado, disse que apesar das dificuldades na temporada, o Vasco colocou o time em campo e, mais uma vez, conquistou um título importante na base.

Jogadores e comissão técnica vascaína comemoram no gramado do estádio Florestão o título da categoria sub-13. Foto/Manoel Façanha