Home MAIS FUTEBOL Rio Branco goleia o São Francisco e pega o Galvez na decisão

Rio Branco goleia o São Francisco e pega o Galvez na decisão

99

MANOEL FAÇANHA

Uma vitória maiúscula sobre o São Francisco por 5 a 1, conquistada na tarde de ontem (30), no estádio Florestão, colocou o Rio Branco na decisão do returno do Campeonato Acreano de Futebol Sub-20.

O adversário do Estrelão será o Galvez. O confronto será disputado no próximo sábado (2), também no estádio Florestão, mas o horário ainda está indeterminado. Os dois times vão a campo com igualdade, assim em caso de empate no tempo normal, haverá cobranças de penalidades. Uma vitória estrelada será suficiente para o time ergue o troféu de campeão da temporada.

Jogo

O Rio Branco entrou em campo errando muito e permitindo uma ação mais incisiva do time católico.

Com a necessidade de vencer para ir à decisão do returno, o time católico abriu o placar antes da primeira meia hora de bola rolando, através de Davi. O atacante se livrou de dois marcadores e acertou um belo chute cruzado para deixar o São Chico na frente do marcador.

O gol fez o Rio Branco acordar para o jogo. Num sobra de bola na entrada da grande área católica, o volante Gabriel deixou tudo igual no marcador.

O Rio Branco ainda poderia indo para o vestiário com a vantagem no placar, mas a bola de Jô ficou no travessão do time católico.

Na etapa complementar, o Rio Branco, além de mais organizado taticamente, passou a ser decisivo e mostrar porque é o time de melhor ataque da competição. O gol da virada não tardou e saiu dos pés do atacante Matheus Nego, sem chance para o arqueiro católico.

Com o placar adverso, o time católico não teve forças para reagir e ainda acabou levando o terceiro gol, após cruzamento da direita para o mergulho de cabeça de Jô.

O quarto gol alvirrubro, o mais bonito da tarde ventilada, diga-se de passagem, olímpico, saiu dos pés de Dos Santos.

A porteira do time católico então foi fechada numa boa conclusão do jogador alvirrubro Ivo.

Sinceridade

Eliminado da competição, o técnico católico Francisco Dias, o Jangito, reconheceu a superioridade do Rio Branco na etapa complementar de partida, mas resolveu amenizar a derrota ao afirmar que a infraestrutura do adversário não pode ser comparada com a do time do São Francisco.

5 x 2

Na partida de fundo, o Plácido de Castro voltou a vencer uma partida pela competição. A vítima do Tigre do Abunã foi o lanterna Vasco da Gama por 5 a 2.