Home ATLÉTICO ACREANO No Paraná, Atlético-AC e Operário-PR brigam por vaga na decisão

No Paraná, Atlético-AC e Operário-PR brigam por vaga na decisão

182

MANOEL FAÇANHA

O Atlético-AC pode fazer história na noite desta segunda-feira (28). O bicampeão acreano vai a campo, às 21h15 de Brasília, para enfrentar no estádio Germano Kruger, o Operário-PR, em jogo que apontará o segundo finalista a decisão do Campeonato Brasileiro da Série D. No primeiro duelo ocorrido no estádio Florestão, dia 20 de agosto, ambas as equipes não passaram de um empate sem gols.

Conforme o regulamento, novo empate sem gols leva a decisão da vaga para as cobranças de penalidades. Vitória simples ou até mesmo um empate com gols será suficiente para o bicampeão acreano chega à decisão inédita do torneio contra a equipe do Globo-RN.

Dúvida

O Galo Carijó fechou sua preparação na tarde do sábado (26), no Florestão. O técnico celeste Álvaro Miguéis não divulgou em solo acreano a escalação para o confronto de hoje à noite. O treinador tinha duas dúvidas para o duelo decisivo contra os paranaenses. No meio-campo o técnico celeste estava em dúvida em relação ao retorno volante Renato, pois existia à possibilidade da permanência do jovem Junior Tragodara na posição, mas o primeiro ganhou a disputa pela vaga. No ataque, Miguéis resolveu optar pela permanência de Pisika entre os titulares, assim com Neto Pessôa ficando como opção. A escalação saiu somente após um trabalho realizado na noite de ontem (27), no estádio Germano Kruger, local da partida contra o Operário-PR. O provável time celeste para hoje será: Luís Miller, Weverton, Juan, Diego e Jeferson; Leandro Jucá, Renato, Polaco, Eduardo, Rafael Barros e Pisika.

Os números

Na matemática dos números, o confronto entre acreanos e paranaenses colocará frente a frente o melhor ataque contra a defesa menos vazada da competição. O Atlético Acreano marcou 27 gols, em 13 partidas disputadas, enquanto o Operário teve sua meta ultrapassada em apenas sete oportunidades.