Home ATLÉTICO ACREANO Galo Carijó bica o Leão na estreia do Sub-20

Galo Carijó bica o Leão na estreia do Sub-20

MANOEL FAÇANHA

Um gol anotado pelo atacante celeste Lucas, ainda no primeiro tempo de partida, diante da Adesg, garantiu ao Atlético Acreano os três primeiros pontos na tabela de classificação do Grupo “B” do Campeonato Acreano Sub-20.

Com a vitória construída no estádio Arena da Floresta, o Galo Carijó lidera o Grupo “B” com três pontos ganhos. O Galvez é o segundo colocado com um ponto, mas lembrando de ainda que os pontos do jogo do Vasco e São Francisco não foram computados.

Correndo por fora, Galo Carijó venceu na estreia o Leão de Senador Guiomard. Foto/Manoel Façanha

Num jogo bem disputado contra o Galo, o Leão de Senador Guiomard perdeu na estreia do sub-20. Foto/Manoel Façanha

Jogo

Um primeiro tempo brigado, com gol, expulsão e fratura de nariz foi o resumo do confronto entre Atlético Acreano e Adesg.

Nos primeiros minutos, o zagueiro Alexandre, da Adesg, acabou atingido com um chute involuntário de um jogador celeste. O lance ocasionou uma fratura de nariz para o jogador do time guiomarense.

Numa bola longa, o atacante celeste Lucas ganhou na velocidade da zaga do Leão e concluiu para a redondinha rede da Adesg.

Aos poucos, a Adesg conseguiu sair da sua defesa e buscar o ataque, mas sem o time não tinha poder de ‘fogo’ na hora do passe final.

Nos acréscimos, numa jogada dura do atacante celeste Lucas, o árbitro acabou aplicando o cartão vermelho.

Na etapa complementar a Adesg cresceu no jogo. O time guiomarense, que tinha um homem a mais em campo, teve mais posse de bola, mas sentiu a falta de um homem gol. Mérito para a equipe celeste do Atlético que segurou a pressão e ainda quase ampliou o placar num contra-ataque puxado por Beto.

Lesão

O zagueiro Alexandre é natural de Epitaciolândia e sofreu uma fratura de nariz. Foto/Manoel Façanha

No início do primeiro tempo do jogo de estreia da Adesg e Atlético Acreano, ocorrido na noite de ontem, no estádio Arena da Floresta, o zagueiro Alexandre Lima, após lance involuntário com um atacante atleticano, acabou levando a pior e fraturando o nariz. O atleta foi levado e atendido numa unidade de atendimento hospitalar de Rio Branco e vai ficar em observação, segundo informou o presidente da clube guiomarense, o desportista Giuliano Oliveira.

Samu

Como é uma partida de categoria de base não é obrigatório a presença da ambulância hospitalar nas dependências do estádio. Com a gravidade do incidente com o atleta, o diretor da Federação de Futebol do Acre, Juscelino Tomé, ligou para o Samu. O atendente, do outro lado da linha, explicou que não tinha viatura naquele momento à disposição, acreditando que a unidade chegaria ao local somente 15 minutos após a ligação. Com isso, o presidente da Adesg, o desportista Jiuliano Oliveira conduziu o atleta em seu automóvel a unidade de atendimento médico.