Home MAIS FUTEBOL O Leão guiomarense quer voltar a esturrar

O Leão guiomarense quer voltar a esturrar

219
 PUBLICIDADE

Clique na capa para acessar a nova edição do Futebol Acreano em Revista

MANOEL FAÇANHA

O Leão de Senador Guiomard trabalha para voltar a mostrar suas garras no futebol acreano. O clube vive um novo momento administrativo com a eleição do desportista Giuliano Oliveira, 42 anos, para presidir o clube nos próximos dois anos.

Responsável direto pelas conquistas de Galvez e Rio Branco nas últimas duas edições dos campeonatos sub-20, competições organizadas pela Federação de Futebol do Acre, o ex-gestor da base dos dois clubes da capital espera como mandatário maior da Adesg contribuir de forma decisiva para levar o clube a dois grandes resultados nesta temporada. O primeiro será a conquista do campeonato sub-20, e o segundo, não menos importante, será erguer o troféu de campeão da Segundinha e, assim, garantir o retorno do clube à elite do futebol local.

Giuliano sabe que a missão não será nada fácil, mas já conta com a simpatia e o apoio dos moradores de Senador Guiomard. Foto/Manoel Façanha

Numa análise sincera, Giuliano sabe que a missão não será nada fácil, mas já conta com a simpatia e o apoio dos moradores de Senador Guiomard. Empresários, políticos e desportistas começam a comprar a briga para reerguer o clube, mas a trajetória de voltar ao topo do futebol acreano terá grandes obstáculos e espinhos.

Treinador é uma das apostas

Um dos trunfos do recém-empossado presidente Giuliano Oliveira veio do Planalto Central. Trata-se do ex-preparador de goleiros Alexandre Matos, 46 anos. O profissional tem vasta folha de serviços prestados ao futebol de Goiás, principalmente do Anapolina. Matos, que é natural de Goiás, também já trabalhou por mais de uma década no futebol de Brasília, onde exerceu a função de preparador de goleiros e auxiliar técnico. No ano passado, o profissional foi o auxiliar técnico do ex-jogador Alex Oliveira no extinto Araguaína (TO).

Bastante focado no trabalho e adepto da disciplina, não apenas tática, mas também a extracampo, o treinador chega para comandar o time guiomarense não somente na base, mas também no profissionalismo. “Meu objetivo aqui neste momento será o de conquistar dois títulos e irei trabalhar exaustivamente para isso”, diz o profissional.

A respeito da qualidade dos jogadores da terra, Alexandre Matos elogia, mas ao mesmo tempo critica a falta de comprometimento de alguns. Foto/Manoel Façanha

A respeito da qualidade dos jogadores da terra, Alexandre Matos elogia, mas ao mesmo tempo critica a falta de comprometimento de alguns. “Vejo que a safra local de jogadores apresenta boa qualidade técnica, mas falta concentração e disciplina para conquistar voos mais altos”.

O Leão de Senador Guiomard também contará com o serviço do preparador físico Selcimar Maciel. O profissional chegou ao clube há mais de duas semanas e tem recebido elogios pelo trabalho e pela seriedade na condução do dia-a-dia no clube. “O Selcimar Maciel tem dividido diariamente comigo e com o Giuliano essa responsabilidade de erguer a Adesg”, revela Alexandre Matos.

A última aquisição do clube diz respeito ao preparador de goleiros Alexandre Vargas. O profissional trabalhou no futebol Candango e em outros diversos clubes país, mas nos últimos anos estava trabalhando no futebol da Arábia Saudita.

Elenco conta com 12 atletas importados

A diretoria da Adesg trouxe jogadores do futebol mineiro, carioca e candango, além de atletas das cidades de Epitaciolândia. Foto/Manoel Façanha

Na busca de fazer um time competitivo, a diretoria da Adesg trouxe jogadores do futebol mineiro, carioca e candango, além de atletas das cidades de Epitaciolândia. O clube também está aproveitando jogadores do município e da capital Rio Branco. A ideia da diretoria é aproveitar boa base desse elenco para a disputa da Segunda Divisão.
Entre os 12 jogadores importados pelo clube está o volante Rafael. Natural de Brasília, com passagem pela base do Grêmio Barueri, o atleta de 18 anos não esconde que o sonho para a temporada será o de conquistar o título da categoria sub-20 e, assim, colocar a Adesg numa inédita disputa da Copa São Paulo. “Estamos trabalhando forte diariamente e o nosso maior objetivo será o de conquistar o título estadual da categoria para representar o futebol local na Copa São Paulo de Futebol Júnior”, explica o volante, não escondendo que a Copinha é uma grande oportunidade na carreira de qualquer atleta iniciante.