Home PLÁCIDO DE CASTRO

Nem mesmo o clima ameno provocado pelas chuvas da tarde e noite da terça-feira (21) foi suficiente para esfriar a alta temperatura dos jogos de abertura da quarta rodada do primeiro turno do Campeonato Acreano. O primeiro confronto, onde o treinador vascaíno entrou na corda bamba, culminou com o pedido de demissão do técnico Pablo Simões, após derrota surpreendente do Galvez para o Vasco da Gama, por 2 a 1.

Na partida de fundo, num jogo de ‘alta temperatura’, além da expulsão do volante placidiano Zé Nilton e a aplicações de vários cartões amarelos, houve ainda o ‘treta’ entre o treinador Álvaro Miguéis e o goleiro Babau, ambos do Atlético Acreano. O arqueiro e o técnico tiveram uma discursão áspera e tiveram que ser contidos.

No frigir dos ovos, como se fala na língua popular, o Galo Carijó, campeão do último estadual, aplicou três bicadas no assanhado Tigre (3 a 0), resultado esse que garantiu ao time celeste a ponta invicta da tabela de classificação.

CLASSIFICAÇÃO

1º) Atlético………..12
2º) Rio Branco………07
3º) Plácido…………07
4º) Galvez………….06
5º) Vasco…………..06
6º) Humaitá…………03
7º) Alto Acre……….00
8º) Andirá………….00

Próximos jogos

23/03/2017
18h30 – Humaitá x Andirá
20h30 – Rio Branco x Alto Acre

26/03/2017
15h30 – Andirá x Plácido
17h30 – Galvez x Rio Branco

AS CURTINHAS

UMA boa notícia: a secretária de Esportes do Estado, professora Shirley Santos, confirmou o retorno dos Jogos Escolares para 2017.

A DECISÃO de retomar a competição que havia sido suspensa na sua fase estadual, ano passado, foi do governador Tião Viana.

COM três derrotas em três partidas, a seleção acreana de vôlei feminino sub-19 fechou o Campeonato Brasileiro da categoria da 2ª divisão na lanterna da competição.

O time acreano perdeu para as maranhenses, as rondonienses e as baianas.

A melhor apresentação da seleção local ocorreu no confronto de ontem (22) contra as baianas, com derrota por 3 sets 2, parciais de 22 x 25, 26 x 28, 25 x 16, 25 x 21 e 15 x 10.

O TORNEIO está sendo disputado Saquarema, no Rio de Janeiro.

BOM dia!

MANOEL FAÇANHA

No primeiro choque dos invictos da quarta rodada do Campeonato Acreano, o Atlético derrotou na noite de ontem (21), na Arena da Floresta, o Plácido de Castro por 3 a 0. Pisika, Careca e Polaco fizeram os gols do time celeste.

O triunfo garantiu o Galo Carijó na liderança isolada do primeiro turno do Campeonato Acreano. O time celeste soma 12 pontos ganhos e 100% de aproveitamento em quatro jogos disputados. Por outro lado, o Tigre do Abunã continua na quarta posição com sete pontos ganhos.

Próximos jogos

O Plácido de Castro retorna a campo no próximo domingo (26) para encarar no estádio Florestão, às 15h30, o Andirá EC. Já o Atlético Acreano ganha uma semana de folga na tabela de jogos e o próximo compromisso está agendado para a próxima quinta-feira (30). O adversário será o Vasco da Gama, às 20h30.

Jogo

Galo e Tigre fizeram um jogo bem brigado desde os primeiros minutos de partida. O time celeste era um pouco melhor e criava as melhores oportunidades de gols. No entanto, o primeiro gol saiu somente aos 28 minutos, após o meia-atacante Pisika escorar cruzamento da direita para a rede.

O Tigre do Abunã ainda quase chegou ao empate nos minutos finais, mas a bola encontrou o travessão, após chute do meia Ley.

Com o time celeste abusando do jogo veloz, o volante Zé Nilton, já amarelado, parou o contragolpe celeste com um puxão no meia Jeferson. O árbitro Antonio Neuriclaudio aplicou a regra e expulsou o volante.

Mais gols

A etapa complementar de jogo iniciou com um bate-boca entre o técnico celeste Álvaro Miguéis e o seu goleiro Babau. O arqueiro não gostou da substituição.

Com um jogador a mais em relação ao Tigre do Abunã, o Galo acalmou a adrenalina e ampliou a vantagem aos 26 minutos, através do atacante Careca.

Nos acréscimos, o time celeste sacramentou a vitória com o meia-atacante Polaco, após se livrar do goleiro Hebert e empurrar a bola para a rede.

MANOEL FAÇANHA

Atlético-AC e Plácido de Castro brigam na noite de hoje, às 20h30, no estádio Arena da Floresta, pela liderança do primeiro turno do Campeonato Acreano.

O Galo Carijó volta a campo após eliminação na disputa da Copa Verde diante do Clube do Remo por 4 a 0. Os jogadores retomaram aos trabalhos somente na manhã do último domingo, no estádio Frotão.

No clube, a preocupação ainda é com o desgaste físico da viagem até Belém-PA. Segundo o técnico Álvaro Miguéis, uma viagem bem problemática que custou, além da eliminação do clube na disputa do torneio regional, um grande desgaste físico aos jogadores.

A respeito do confronto da noite de hoje (21), o treinador celeste diz que o duelo contra o perigoso Plácido de Castro será duro mais que o Galo está bem focado para o compromisso. Miguéis sabe da importância de uma vitória hoje diante do Tigre para motivar o grupo para a sequência do estadual, tanto que vai mandar a campo o que tiver de melhor.

Com o lateral direito Januário acometido de uma dengue e com o reserva imediato Felipe se recuperando de uma virose, Miguéis ainda não definiu os titulares do Galo.

Líder invicto do primeiro turno – três vitórias em três partidas, o Galo Carijó mantém a ponta da tabela até mesmo com um empate na noite de hoje contra o Tigre do Abunã.

Arbitragem

O confronto que vale a liderança do primeiro turno do Campeonato Acreano terá no árbitro principal será Antônio Neuriclaudio. Os assistentes serão Jean Carlos e Rener Santos.

Em razão dos fatos que tomamos conhecimento a respeito de uma nota das redes sociais do Rio Branco FC, a direção da Associação dos Cronistas Esportivos do Acre (Acea), através do seu presidente Alberto Rodrigues Casas, esclarece que os fatos não condizem com a realidade, pois a entidade não proibiu o clube de transmitir os jogos do clube na disputa do Campeonato Acreano, mas sim, proibiu o uso das cabines de imprensa e o acesso ao gramado aos seus empregados não credenciado a entidade jornalística. Esses dois setores são áreas destinadas exclusivamente aos profissionais de imprensa devidamente credenciados pela Acea, onde são exigidos desses trabalhadores registro de jornalista/radialista, conforme determina a legislação.

LEI 9.615/98 “Art. 90-F. Os profissionais credenciados pelas Associações de Cronistas Esportivos quando em serviço têm acesso a praças, estádios e ginásios desportivos em todo o território nacional, obrigando-se a ocupar locais a eles reservados pelas respectivas entidades de administração do desporto. (Incluído pela Lei nº 12.395, de 2011)”.

Jornalistas esportivos, administradores dos estádios e representantes do marketing do Rio Branco durante reunião da quinta-feira (9). Foto/Wescley Camelo

Numa reunião ocorrida, ontem (9) de março, no hall do estádio Arena da Floresta, com a participação da crônica esportiva e administradores dos estádios onde ocorrem as partidas do estadual, ficou decidido que terão acesso às cabines de imprensa e ao gramado, somente profissionais credenciados pela a Acea. Os participantes decidiram ainda que, profissionais dos clubes que não estão dentro dos parâmetros exigidos pela lei terão que fazer as transmissões da tribuna de honra destinada ao clube, assim como das arquibancadas.

Os representantes do departamento de marketing do Rio Branco FC estiveram presentes ao encontro, inclusive, com direito a voz e foram informados da decisão.

A reunião contou ainda com a presença do presidente do Sindicato dos Jornalistas do Estado do Acre (Sinjac), Victor Augusto Farias. O representante sindical fez esclarecimento a respeito da funcionalidade da lei e deixou claro se, preciso for, irá acionar o Ministério Público do Trabalho para que a legislação federal seja cumprida a risca.

A secretaria adjunta de Esporte, professora Shirley Santos, elogiou a medida dos cronistas esportivos, chegando, inclusive, a lembrar da sua luta na fiscalização dos clubes e academias da cidade para que os estabelecimentos viessem a cumprir com a legislação e contratasse apenas profissionais inscritos no Cref (Conselho Regional de Educação Física).

Alberto Rodrigues Casas
Presidente da Acea

Victor Augusto Farias
Presidente do Sinjac

199

MANOEL FAÇANHA

Num belo jogo de seis gols, Rio Branco e Plácido de Castro empataram na noite de ontem (9), na Arena da Floresta, por 3 a 3. O duelo foi válido pela terceira rodada do Campeonato Acreano. Marcelo Brás (2) e Paulinho Pitbull marcaram os gols do Tigre do Abunã. Araújo Jordão, Adriano e Amarildo empataram o Estrelão.

Com o empate, as duas equipes lideram o estadual com sete pontos ganhos, mas o time alvirrubro leva vantagem no saldo de gols.

Próximos jogos

Após o empate com o Tigre, o Rio Branco ganha quase duas semanas de folga na tabela do Campeonato Acreano. O retorno do alvirrubro aos gramados ocorre no próximo dia 23 de março para medir forças contra o Alto Acre. O jogo está agendado para o estádio Arena da Floresta, às 20h30. Porém, dois dias antes, no mesmo local e horário, o Tigre do Abunã encara o Galo Carijó.

Jogo

O Plácido de Castro começou avassalador e, antes dos 20 minutos da etapa inicial chegou a abrir dois gols de vantagem no placar, ambos assinalados pelo atacante Marcelo Brás, que chegou ao quarto na temporada.

Com um Rio Branco desatento e dando espaço no miolo de zaga, o Tigre do Abunã chegou ao terceiro gol aos 30 minutos, após jogo aéreo, com Paulinho Pitbull testando para a rede.

O Rio Branco, enfim, conseguiu diminui a vantagem placidiana, após o atacante Araújo Goiano escorar para a rede do Plácido de Castro, aos 36 minutos. Foi o quinto gol do atacante alvirrubro na temporada.

Reação e empate

Na etapa complementar, o Plácido de Castro tentou se fechar na sua defesa e explorar as jogadas de contragolpe. No entanto, o Rio Branco, aos oito minutos, chegou ao segundo gols após assistência de Geovane para a conclusão do atacante Adriano.

O gol colocou ‘fogo’ no confronto. O time Plácido de Castro ainda tentou cozinhar e jogo e quase chegou ao quarto gol num contragolpe, mas o atacante Renan Plácido desperdiçou excelente oportunidade.

Na pressão, o Rio Branco conseguiu o empate nos acréscimos, aos 46 minutos. Amarildo Ristof, após desvio de Araújo Jordão, finalizou para deixar tudo igual na Arena da Floresta.

MANOEL FAÇANHA

O Campeonato Acreano terá na noite de hoje (7) o choque dos invictos envolvendo as equipes do Rio Branco e Plácido de Castro, às 20h30, no estádio Arena da Floresta. O confronto, antes agendado para a terça-feira (7), acabou transferido para hoje.

Com duas vitórias, o Rio Branco lidera o estadual com seis pontos. O time alvirrubro tem o mesmo número de pontos de Atlético Acreano e Plácido de Castro, mas leva vantagem nos critérios técnicos (gol marcado). O técnico Cristian de Souza vai mandar a campo a mesma equipe do confronto da Copa do Brasil contra o Gurupi-TO. A respeito do adiamento da rodada, o treinador explicou ao globoesporte.com que a atitude foi corretíssima, justificando que a medida protege a integridade física dos jogadores e eleva o nível técnico do campeonato.

Tigre encara confronto como uma ‘decisão’

No Tigre do Abunã, o técnico Márcio Figueiredo, o Faísca, explica que o time está focado no confronto da noite de hoje. O treinador não esconde que a partida está sendo encarada como uma decisão, acreditando que uma vitória pode ser possível.

Formado por jogadores experientes e alguns pratas da casa, entre eles o atacante Marcelo Brás, o meia/lateral Ley, o volante Paulinho Pitbull, o zagueiro Ceildo e ainda o volante Rogério e o atacante Ismael, o Tigre estreou com vitória, de virada, sobre o Galvez por 3 a 2. Na rodada seguinte, o time do Abunã conquistou novo triunfo na competição, ao derrotar o Vasco da Gama por 3 a 1.

MANOEL FAÇANHA

As fortes chuvas que caíram durante o dia de ontem na cidade de Rio Branco conspiraram para o adiamento da terceira rodada do Campeonato Acreano 2017. Através de nota oficial divulgada à imprensa e clubes, a Federação de Futebol do Acre (FFAC) confirmou a transferência da rodada para a quinta-feira (9) na Arena da Floresta, mantendo os mesmo horários. Às 18h30, o Vasco recebe o Humaitá. Já às 20h30 o Rio Branco enfrenta o Plácido de Castro.
Os jogos que estavam marcados para quinta-feira foram transferidos para o domingo (12/03) no estádio Florestão. Às 15h30, o Andirá enfrenta o Galvez. Já às 17h30 o Alto Acre encara o Atlético Acreano.

Pela nova tabela divulgada na tarde de ontem (7), o torneio prossegue na terça-feira, com dois jogos pela quarta rodada. Às 18h30, o Andirá duela com o Galvez. Às 17h30 o Atlético Acreano terá compromisso contra o Plácido de Castro. As partidas serão realizadas na Arena da Floresta.

Já na quinta-feira será o complemento da quarta rodada na Arena da Floresta. Às 18h30, o Humaitá recebe o Andirá. Às 20h30, o Rio Branco pega o Alto Acre.

308

Por Duaine Rodrigues

O Plácido de Castro segue na cola dos líderes do Campeonato Acreano. Mantendo 100% de aproveitamento no estadual, o Tigre do Abunã venceu o Vasco-AC por 3 a 1, na noite desta segunda-feira (27), no fechamento da segunda rodada, na Arena da Floresta, em Rio Branco. O meia Ley, e os atacantes Marcelo Brás e Ismael foram às redes e garantiram o triunfo da equipe do interior. O gol de honra do Cruz-Maltino foi anotado pelo atacante Josa.

A vitória deixa o Plácido de Castro na terceira posição. O time tem os mesmo seis pontos de Rio Branco-AC e Atlético-AC, líder e vice-líder, respectivamente, mas saldo de gols inferior. O Vasco-AC termina a rodada na quinta colocação, empatado em pontos com o Galvez, três cada, mas saldo de gols inferior (-1 contra 0).

As duas equipes voltam a jogar na terça-feira (7), na abertura da terceira rodada do estadual. O Vasco-AC enfrenta o Humaitá, às 18h30, e o Plácido de Castro encara o Rio Branco-AC, a partir das 20h30. As partidas serão no estádio Antônio Aquino Lopes, o Florestão, na capital. O horário dos jogos é local.

O Plácido de Castro teve mais presença ofensiva na etapa inicial. Experiente, o time do interior chegou ao gol logo aos 10 minutos, com Ley. O meia recebeu lançamento frente a frente com o goleiro Mococa e só tocou na saída do camisa 1 Cruz-Maltino para abrir o placar. O Vasco-AC bem que tentou incomodar, mas o setor ofensivo pouco produziu e o Tigre do Abunã foi em vantagem para o vestiário.

Na etapa final, o Vasco-AC tentou iniciar abafando o Plácido de Castro no campo de defesa, enquanto o Plácido se apoiava na experiência de jogadores como Ley, Paulinho Pitbull e Marcelo Brás, que ditavam o ritmo do jogo quando tinham a bola nos pés. Aproveitando um momento de cochilo da defesa do Tigre do Abunã, o Cruz-Maltino chegou ao empate aos 16 minutos. Após boa jogada pelo lado direito de ataque, Daniego cruzou e Josa se atencipou à defesa para marcar: 1 a 1.

No entanto, a reação parou por aí. Três minutos depois, o Plácido voltou a ficar na frente. Marcelo Brás cobrou falta por baixo da barreira e fez 2 a 1. Após os 30 minutos, o Vasco-AC ainda acertou uma bola na trave do goleiro Hebert, do Plácido, com Josa. A chance desperdiçada fez falta. Aos 47 minutos, Ismael dominou a bola dentro da área do Vasco-AC e finalizou para dar números finais ao placar: 3 a 1.

349

MANOEL FAÇANHA

Num jogo de cinco gols, o Plácido de Castro aplicou o vira virou na noite de ontem (23) para cima do Galvez por 3 a 2. O jogo marcou a estreia de ambas as equipes na disputa do Campeonato Acreano 2017. Ciel e Tonho Cabañas marcaram para o Galvez, enquanto Ismael, Paulinho Pitbull e Marcelo Brás garantiram a vitória do time do Abunã.

Com a vitória construída na Arena da Floresta, o Tigre do Abunã divide a liderança do estadual ao lado de Rio Branco, Atlético e Vasco da Gama, mas perde as duas primeira posições pelos critérios técnicos. O Galvez fica na quinta colocação.

Na próxima segunda-feira (27), as duas equipes retornam ao gramado da Arena da Floresta para o fechamento da segunda rodada do estadual. No primeiro confronto as equipes do Alto Acre e Galvez buscam reabilitação na competição, às 16h. No jogo de fundo, às 18h, o Plácido de Castro e Vasco-AC buscam embalar no torneio.

Jogo

Com a bola rolando, o Galvez começou bem melhor e ainda desperdiçou uma cobrança de penalidade com Kinho. Porém, numa bela jogada pelo lado direito, Ciel fintou a zaga do Tigre e, de pé trocando, mandou a bola no ângulo do goleiro Hebert. Dois minutos depois, numa bola aérea, o atacante Tonho Cabañas testou com estilo para a rede.

Na volta dos vestiários, o Tigre do Abunã voltou bem melhor contra um Galvez apático e pouco eficiente.

Com o zagueiro Jô amarelado, o técnico Pablo Simões resolveu trocar pelo experiente Araújo Goiano, assim deixando a zaga do Imperador com estatura bem mais baixa.

Necessitando diminuir a vantagem para entrar no jogo, o Tigre passou a explorar o jogo aéreo e, aos 5 minutos, o atacante Ismael descontou para o Plácido de Castro.

Num nítido ‘apagão’, o Galvez pouco fez para voltar a dominar o confronto e, aos 23, novamente no jogo aéreo, Paulinho Pitbull desviou a trajetória da bola e deixou tudo igual no placar.

Com o Galvez apático, a virada do Tigre era questão de tempo. Numa outra bola parada, o atacante Marcelo Brás antecipou a zaga e desviou a bola para a rede do Imperador, aos 30 minutos, dando números finais ao jogo.

236

MANOEL FAÇANHA

Quatro times vão a campo na noite desta quinta-feira (23), a partir das 18h30, para o complemento da primeira rodada do Campeonato Acreano 2017.

O primeiro confronto envolvendo Galvez e Plácido de Castro é chamado de ‘Clássico da Revolução’ e promete jogo equilibrado, mas com um pequeno favoritismo para o clube militar, isso pelos dois jogos já realizados na temporada contra o Nacional-AM, ambos pela fase classificatória da Copa Verde.

No imperador, a preocupação da comissão técnica diz respeito ao cansaço físico do jogo do último final de semana em Manacapuru-AM, onde o clube derrotou o Nacional, por 1 a 0, gol do meia Ciel. No entanto, o preparador físico Arnaldo Moreira acredita que o time vai corresponder bem e buscar uma nova vitória na temporada.

Tigre aposta em veterano atacante

Na busca de melhorar seu desempenho na competição, o Plácido de Castro vai aposta nesta temporada na experiência do atacante Marcelo Brás, assim como na figura de alguns jogadores prata da casa para surpreender na competição. O técnico Marcio Figueiredo, o Faísca, também demostrou confiança na possibilidade do Tigre do Abunã voltar a brigar pela parte de cima da tabela.

Na manhã desta quarta-feira (22), no estádio Ferreirão, um trabalho de bola parada, seguido de finalizações, fechou o treino do Tigre do Abunã. A preocupação passou a ser o atacante Marcelo Brás. O atleta apresentou um desconforto muscular e sua escalação será definida somente nos vestiários. Ciente da possibilidade de não contar com Brás, o técnico Marcio Figueiredo treinou três formações diferentes para encarar o Imperador. Faísca deixou claro que a preocupação está relacionada ao fato do adversário está com mais ritmo de jogo em relação sua equipe.

Coluna do Dandão

40
Um dia desses, um acadêmico de jornalismo me entrevistou via internet. O tema principal das perguntas dele era o futebol acreano. Fui dando as...