Home Sem categoria

333

MANOEL FAÇANHA

Na força e na raça e, na base do ‘vira virou’, o São Francisco arrancou importante vitória na tarde de ontem (20), no estádio Florestão, contra a Adesg pelo placar de 3 a 2, em jogo de abertura do Campeonato Acreano de Futebol da 2ª Divisão. O gol da vitória católica veio aos 43 minutos, numa finalização do estreante Pedro Balú.

A vitória colocou o São Chico na liderança geral da competição, precisando de uma vitória no sábado (23), às 15h30, no estádio Florestão, contra o Náuas para erguer o troféu de campeão e carimbar vaga na elite do futebol local a partir do próximo ano.

Com um ponto a menos que o São Francisco na tabela de classificação, a Adesg agora torce por um tropeço do time católico na partida de sábado contra o Cacique para decidir sua sorte na competição na próxima terça-feira (26).

Jogo

Embalada pela vitória do último final de semana diante do Náuas, a Adesg começou a partida pressionado o time católico, com Ciel perdendo grande chance de abrir o placar a favor do time guiomarense ainda nos primeiros minutos de bola rolando.

O Leão mandava no jogo e, após assistência de Ciel, o meia Dieguinho, na grande área, finalizou em cima do goleiro Hebert, aos 15 minutos.

O São Francisco então respirou no jogo e passou a ir ao ataque. Numa jogada individual do meia Neto, aos 28 minutos, ele achou Marquinhos na grande área. O volante testou com estilo, sem chance para o goleiro Máximo. Gol do São Chico!

O gol abalou a Adesg e numa saída errada de bola do zagueiro Rener Caçula, o meia-atacante Neto quase marcou o segundo do São Chico.

Refeita do susto, a Adesg chegou duas vezes com perigo antes do intervalo. Na primeira delas, o atacante Marcelo Brás forçou o goleiro Hebert a fazer grande defesa após boa testada. Na segunda, após cruzamento de Ley, o zagueiro Alexandre empatou para a Adesg.

“Vira virou”

Na volta do intervalo, a Adesg voltou mortal e, ainda aos 4 minutos, Zagalo serviu bem o artilheiro Marcelo Brás. O atacante esperou a saída do goleiro Hebert e mandou para a rede.

Com a vitória parcial a Adesg tentou administrar ainda cedo o resultado, mas o São Francisco mostrou muita disposição e, aos 26 minutos, após bola parada, deixou tudo igual no placar com Tiago.

O gol fez bem ao time católico e mal a equipe do Leão, tanto que o goleiro Máximo fez milagre numa finalização na pequena área do lateral Matheus. No entanto, aos 43 minutos, o lateral Pedro Balú pegou sobra de bola e chutou prensado com a zaga do Leão. O desfecho da jogada culminou com a bola no fundo da rede do goleiro Máximo, assim confirmando o ‘vira virou’ católico.

Com seis equipes com passaporte carimbado a segunda fase da 2ª Copa TV Gazeta de Futsal, o torneio prossegue na noite desta terça-feira (19), no Ginásio do Sesi: Rio Branco x Unidos do Santa Inês (19h), Quinari x Climacre (20h) e 06 de Agosto x Mercantil Campos (21h). A rodada terá na quadra de jogo o artilheiro da competição, o atleta Pisika (Unidos do Santa Inês), oito gols na temporada.

De acordo com o coordenador da competição, desportista Auzemir Martins, as equipes classificadas são as seguintes: Santos, Mercale, Atlético, Kawasaki, Renovação, Amigos & Boleiros, PWS/Pista.

FLASH DO DIANo confronto do último final de semana envolvendo os refrigerantes Quinari e Cruzeirense, ambos patrocinadores de Adesg e Náuas, respectivamente, culminou com a vitória do representante da “Terra do Amendoim” por 1 a 0, gol do atacante Marcelo Brás.

AS CURTINHAS

O acreano Artur de Oliveira será apresentado nesta terça-feira (19) como o novo técnico do Bragantino do Pará. O profissional irá comandar o clube na segundinha paraense.

No último sábado (16), no ginásio da Escola do Sesi, ocorreu a disputa da primeira rodada da Copa Araújo de Futsal Sub 10. Veja os resultados: Colégio Ame 4 x 0 Escolinha do Pitiú /Tur Viagens, Fluminense/Metal 0 x 10 ABC /Camisa 10 e Galvez 7 x 3 Escolinha do Sesi.

Segue o período de inscrições para a disputa do Campeonato de Futebol Sub-13.

De acordo com o diretor de competições da Federação de Futebol do Acre, Leandro Rodrigues, a data limite aos interessados para solicitar participação no torneio é o próximo dia 29.

O local das inscrições é a própria sede da FFAC.

Bom dia!

53

MANOEL FAÇANHA, COM INFORMAÇÕES DO GLOBOESPORTE.COM

Uma vitória por 3 sets a 0 (25/15, 27/25 e 25/21) sobre o Aliança no último sábado (9), ginásio do Instituto Federal do Acre (Ifac), garantiu ao time do Raimundo Gomes o bicampeonato da Copa Cidade de Rio Branco de Voleibol Masculino.

Com quatro vitórias, uma derrota em cinco jogos, o time do Raimundo Gomes precisa de apenas uma vitória nas finais contra o Aliança para carimbar o bicampeonato. Com 1h 10min de jogo, o time colegial não vacilou e velou para casa o troféu de bicampeão.

Feminino

No jogo preliminar, abrindo a segunda rodada da Copa Cidade de Rio Branco de Voleibol Feminino, a equipe feminino da Corpo Academia derrotou o Raimundo Gomes 3 sets a 0 (25/16, 25/23 e 25/20).

488

MANOEL FAÇANHA e ALEXANDRE ALMEIDA

O Atlético Acreano conquistou na tarde ontem (5) importante vitória rumo ao acesso à Terceirona. No estádio Passo D’Areia, em Porto Alegre, o Galo Carijó superou o São José-RS por 1 a 0, gol do zagueiro Diego. O confronto foi o primeiro entre ambas as equipes e válido pelas quartas de final da Série D do Campeonato Brasileiro 2017.

No próximo domingo, às 17h, no estádio Florestão, o Galo Carijó recebe o São José-RS. Um simples empate basta para o bicampeão acreano conquistar o acesso. Já o São José-RS precisa vencer por dois gols para buscar sua classificação. Uma vitória gaúcha pelo mesmo placar do sul do país leva à decisão da vaga as cobranças de penalidades.

Jogo

Mesmo jogando fora de casa, o Atlético Acreano entrou em campo buscando surpreender. E, logo aos 2 minutos, Eduardo cobrou falta, a bola desvia no meio da área e por pouco não surpreendeu o goleiro Fábio.

Após o susto, o São José-RS passou a pressionar o Galo. Aos 6’, após cruzamento na área, Claudinho cabeceou livre e acertou a trave. Aos 28’, Rafinha teve a oportunidade de abrir o placar, mas o goleiro Luiz Miller fez grande defesa.

Sem muitas oportunidades na primeira etapa, o Atlético Acreano conseguiu um escanteio aos 47 minutos. No levantamento na área, Eduardo cruzou na área, Renato escorou e Diego cabeceou para abrir o placar para o Galo Carijó.

Na volta do intervalo, o São José-RS seguiu ditando o ritmo do jogo. Aos cinco minutos, Kelvin é lançado, mas o goleiro Luiz Miller saiu a tempo de efetuar a defesa. Aos 16’, Clayton arrisca finalização, mas o goleiro do Galo Carijó coloca para escanteio.

O Atlético Acreano tentou encaixar o contra-ataque, mas o São José-RS não deu espaços ao adversário. Aos 22’, Dudu levanta a bola na área, a zaga afasta e, na sobra, Rafinha chuta, mas novamente o goleiro Luiz Miller defende. Sete minutos depois, Mateus Toto acerta a bola na trave.

Nos minutos finais, o São José-RS tentou furar o bloqueio, mas o setor defensivo do Atlético Acreano resistiu bem e garantiu a vitória fora de casa.

Ficha Técnica

São José-RS 0 x 1 Atlético Acreano
Local: Estádio Passo D’Areia (em Porto Alegre-RS);
Data: 05/08/2017 (sábado);
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ);
Assistentes: João Luiz Coelho de Albuquerque (RJ) e Silbert Faria Sisquim (RJ); 4º árbitro: Leandro Newley Ferreira Belota (RJ)
Gol: Diego aos 47′ do 1º;
Cartões amarelos: Dudu Mandai (São José-RS); Careca e Renato (Atlético Acreano);

São José-RS

Fábio; Luiz Felipe (Diego Torres), Everton, Claudinho e Dudu Mandai; Guedes, Fidelis, Kelvin (Paulinho) e Clayton; Rafinha e Flavinho (Mateus Toto). Técnico: China Balbino.

Atlético Acreano

Luiz Miller; Weverton, Diego, Juan e Alfredo; Leandro (Olliver), Renato e Careca; Eduardo (Jeferson), Neto Pêssoa e Rafael Barros (Matheus Damasceno). Técnico: Álvaro Miguéis.

MANOEL FAÇANHA
E ALEXANDRE ALMEIDA

Uma vitória na tarde e noite de ontem (30), no estádio Florestão, diante do Gurupi-TO por 3 a 0, gols de Rafael Barros (2) e Eduardo, classificou o Atlético Acreano às quartas-de-final do Campeonato Brasileiro da Série D.

Com a quarta melhor campanha do torneio, o Galo Carijó terá agora pela frente o São José-RS. O clube gaúcho garantiu vaga ao eliminar fora de casa à equipe paulista do São Bernardo, após empate no tempo normal e vitória nas cobranças de penalidades.

Nesta segunda-feira (31), a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) deve divulgar as datas e horários das partidas, mas o time celeste faz o jogo da volta em casa.

Jogo

Buscando fazer o resultado em casa, o Atlético Acreano iniciou a partida pressionando o adversário, aproveitando a criatividade dos meias atacantes Careca e Eduardo. Aos 11 minutos, Alfredo levanta na área para Careca, que finaliza de primeira, mas o goleiro Welder Aurora faz grande defesa.

Aos 19’, Rafael Barros é derrubado na área e o árbitro assinala a penalidade. Na cobrança, o mesmo Rafael Barros cobra e abre o placar para o Galo Carijó.

O atacante Rafael Barros vibra após sofrer penalidade da zaga do Gurupi-TO. Foto/Manoel Façanha

Após o gol sofrido, o Gurupi passa a se soltar mais em campo, porém sem exigir muito do goleiro Luís Miller.

Aos 39’, o Atlético Acreano chega com Careca, que arrisca a finalização, o goleiro Welder Aurora espalma e, na sobra, Eduardo tenta o chute, mas a bola vai pela linha de fundo. Aos 47’, foi a vez do lateral Alfredo arriscar o chute de fora da área, mas o goleiro Welder Aurora defendeu. No minuto seguinte, Careca finaliza e a bola passa próxima ao gol.

Para a segunda etapa, o Gurupi se solta em campo e passa incomodar o setor defensivo do Atlético Acreano. Mas o Galo Carijó segue mantendo o mesmo ritmo. Aos 11’, Eduardo tenta fazer o giro em cima do seu marcador e é derrubado na área, mas o árbitro manda o jogo seguir.

Aos 22 minutos, o Gurupi teve a chance de chegar a igualdade. Régis Wenzel recebe a bola dentro da área e finaliza, mas a bola vai para fora.

O atacante Eduardo marcou mais um gol na Série D e divide a artilharia com Weverton (Princesa do Solimões)

Aos 23’, Rafael Barros é derrubado na área e o árbitro assinala nova penalidade a favor do Atlético Acreano. Na cobrança, o mesmo Rafael Barros cobrou e fez o segundo do Galo Carijó.

Após o segundo gol, o Gurupi foi para o ataque e abriu espaço para o rápido time do Atlético Acreano. Aos 31’, Eduardo sai frente a frente com o goleiro Welder Aurora e dá um toque com capricho por cima para marcar o terceiro gol dos donos da casa.

Aos 39′, Apodi faz falta dura no atacante Rafael Barros e toma o segundo cartão amarelo, sendo expulso da partida. Após a expulsão, o jogo fica paralisado em virtude de confusão no banco de reservas do Gurupi.

Aos 44′, Régis Wenzel fez nova falta dura e acabou sendo expulso, deixando o Gurupi com dois a menos em campo.

Ficha Técnica

Atlético Acreano 3 x 0 Gurupi
Local: estádio Florestão (em Rio Branco-AC);
Data: 30/07/2017 (domingo);
Árbitro: Diego Pombo Lopez (BA);
Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira (BA) e Marcos Welb Rocha de Amorim (BA); 4º árbitro: Antônio Neuriclaudio Rêgo Costa (AC);
Público pagante: 1344 torcedores; Renda: R$ 21.930,00
Gols: Rafael Barros aos 21′ do 1º tempo; Rafael Barros aos 26′ e Eduardo aos 31′ do 2º tempo;
Cartões amarelos: Diego (Atlético Acreano); Alan Kardek, Antônio Flávio, Apodi, Gilson, Héder, Paulista e Welder Aurora (Gurupi);
Expulsões: Apodi e Régis Wenzel (Gurupi)

Atlético Acreano
Luís Miller; Weverton, Diego, Juan e Alfredo; Leandro, Renato e Careca; Eduardo, Neto Pessôa e Rafael Barros (Pisika). Técnico: Álvaro Miguéis.

Gurupi-TO
Welder Aurora; Marcelo Lanza, Alan Kardek, Gilson e Héder (Apodi); Paulista, Ederson, Bruno Morais e Rafael Sayão (Wellington Cabeça); Batata (Antônio Flávio) e Régis Wenzel. Técnico: Wladimir Araújo.

111

Fechado a terceira rodada do Campeonato Acreano de Futebol Sub-20, a principal surpresa é o time do Galo Carijó, hoje comandado pelo ex-jogador Josy Braz. O time celeste esteve em campo em duas oportunidades, mostrando um futebol objetivo nas vitórias contra Adesg (1 a 0) e Rio Branco (2 a 0). Mateus e Diego fizeram os gols no triunfo contra o Estrelão. O certo é que a segunda vitória dos blues do Adauto Frota na competição, contra um adversário de qualidade, serviu para mostrar aos analistas que o time celeste tem bala na agulha para também brigar pela taça de campeão.

Irregular mesmo neste início de competição é a campanha da equipe do Plácido de Castro. O Tigre do Abunã foi o time que mais apanhou no torneio, com três derrotas: Rio Branco (5 a 0), São Francisco (5 a 0) e Humaitá (1 a 0). O Vasco da Gama também ainda não sentiu o gostinho de pontuar no torneio, assim acumulando duas derrotas: São Francisco (2 a 1) e Adesg (2 a 0). O Andirá soma apenas um pontinho na classificação, com uma derrota e um empate: Rio Branco (3 a 0) e Humaitá (0 a 0).

O torneio nesta temporada conta com a presença de nove equipes divididas em dois grupos. Na chave A, o Rio Branco lidera com 6 pontos ganhos em três jogos disputados. O São Francisco aparece em segundo com os mesmos 6 pontos, mas com saldo de gols inferior. O Humaitá é o terceiro, com 4 pontos. Com um ponto a menos surge a Adesg na quarta colocação do grupo. Na chave B, o Galvez lidera apertado. O Imperador tem 7 pontos ganhos em três jogos disputados, mas o clube tem a posição de líder ameaçada pelo Atlético Acreano. O time celeste vai a campo no sábado para medir forças contra o Humaitá. Uma vitória basta para os blues do Adauto Frota assumirem a dianteira da sua chave.

Tem apito acreano na Série D

O árbitro do Acre, Carlos Ronne Casas de Paiva, apita Princesa do Solimões x Gurupi, no duelo de ida, no próximo domingo, às 17 horas, em Manacapuru, no Amazonas, pelo Campeonato Brasileiro da Série D.A partida da volta ocorrem em Gurupi, no próximo dia 16, às 18 horas. Os dois assistentes também são do Acre, Rener Santos de Carvalho e Jean Carlos Rodrigues da Silva. O quarto árbitro será Ivan da Silva Guimarães Junior, do Amazonas.

AS CURTINHAS

A Federação Acreana de Vôlei (Feav) abriu inscrições para a segunda etapa do Campeonato Acreano de Vôlei de Praia adulto masculino e feminino.

O período para inscrições vai até o próximo dia 14 deste mês. A taxa cobrada aos participantes será de R$ 60.

Também no dia 14 de julho, a partir das 20h, na sala de reunião dos professores no prédio Fernando Melo, na Ufac, ocorre o congresso técnico.

O torneio ocorre dias 15 e 16 de julho, na quadra de areia Sebastião Pedroza, da Universidade Federal do Acre (Ufac).

Bom dia!

204

MANOEL FAÇANHA

Com nove gols na temporada e vivendo grande fase da carreira, o futebolista Antônio Araújo da Silva, 31 anos, 1m70cm, 68 quilos, apelidado de Araújo Jordão, talvez seja hoje o maior xodó da torcida do Rio Branco.

Nascido no pequenino município do Jordão (AC), localizado no Vale do Envira (a mais de 450 quilômetros da capital) Araújo Jordão chegou a capital acreana após indicação do técnico Gualter Craveiro. Na época, aos 19 anos (2004), o atacante reforçou a equipe de juniores do AC Juventus.

Dono de excelente impulsão, esse baixinho não cansa de ganhar no jogo aéreo dos zagueiros grandalhões dos clubes adversários. Na vitória do último domingo (11) contra o Genus (RO) por 3 a 1, ele saiu do banco de reserva e, na primeira bola aérea, foi ao terceiro andar para testar com violência para a rede do goleiro adversário e explodir o grito de gol estrelado na garganta do torcedor presente ao Florestão.

Em 2011, o atacante Araújo Jordão, o sexto agachado, era uma das boas opções de ataques do Rio Branco na disputa da Série C. Foto/Manoel Façanha

Com passagem por quase dez clubes profissionais, a carreira de Araújo Jordão começou no Juventus-AC (2004,2005, 2006, 2008, 2009) e, logo depois, Rio Branco-AC (2010, 2011, 2013, 2016 e 2017). O artilheiro Araújo Jordão, além de atuar em outros clubes brasileiros: São Luís de Ijuí-RS (2012), Goianésia/GO, Vitória da Conquista/BA (2014), Treze de Campina Grande/PB (2015), Galvez/AC (2016), também já teve uma experiência internacional ao vestiu a camisa do La Brasília, equipe do interior do Equador, em 2007.

Araújo Jordão terminou a partida contra o Genus-RO entre dos titulares do Rio Branco. Foto/Manoel Façanha

Na tarde de ontem (14), o atacante falou com a reportagem da aceaesportes.com.br do momento vivido na carreira e também bom início de temporada do Rio Branco na disputa do Campeonato Brasileiro da Série D. O atacante também explicou a relação entre ele e o torcedor estrelado, assim como da chegada do técnico Renê Marques ao alvirrubro.

Temporada

“Foi um início de muito equilíbrio da equipe. No entanto, a melhora do conjunto e a união do grupo com foco nos nossos objetivos estão sendo primordiais para o até então sucesso nessa primeira fase de competição nacional”.

Renê Marques

“No sentido coletivo tivemos mais sequências de jogadores atuando, e isso foi importante para resgatar a confiança dos demais jogadores que aqui já estavam. Não posso deixar de falar da importância da chegada de novos jogadores para fortalecer o nosso grupo. Além disso, temos um sistema de jogo bem definido pelo professor Renê Marques, assim como tínhamos anteriormente, mas esse último adotado por ele (Renê) não nos desgasta tanto quanto anterior”.

Xodó da torcida

“Tudo se deve ao trabalho iniciado ainda no mês de janeiro. A minha entrega em campo fez o torcedor se sentir representado e isso estimulou ainda mais o meu futebol a crescer e as consequências disso foram os gols aparecendo com naturalidade. Portanto, tudo isso me impulsionou a trabalhar forte para manter a reciprocidade com o torcedor do Rio Branco. Também quero dizer que esse momento é muito especial na minha carreira. Todo esse carinho do torcedor estrelado, com ares de respeito, fortalece ainda mais nosso espírito de luta por um acesso”.

Araújo Jordão talvez seja hoje o maior xodó da torcida do Rio Branco. Foto/Manoel Façanha

FRASE

“Também quero dizer que esse momento é muito especial na minha carreira. Esse carinho do torcedor do Rio Branco, com ares de respeito, fortalece ainda mais nosso espírito de luta por um acesso”.

Araújo Jordão, falando do carinho do torcedor
do Rio Branco.

Pela primeira vez na história um goleiro acreano será o titular do Brasil contra a Argentina. Ontem (7), o técnico Tite, da seleção brasileira, confirmou o arqueiro Weverton como titular da posição para o confronto desta sexta-feira (9) às 7h05 de Brasília, contra os Hermanos, na cidade de Melbourne, na Austrália.

Weverton foi o titular da equipe olímpica na medalha de ouro conquistada em 2016, e protagonista ao defender o último pênalti da Alemanha na final, no Maracanã. No entanto, o acreano só fez história pelo fato do então titular da posição Fernando Prass sofrer um problema clínico no ombro.

FRASE

“Eu torço muito para que aconteça (ir à Copa), mas lembro o que aconteceu com o Prass na Olimpíada, a forma como cheguei aos 48 do segundo tempo. Eu nem esperava estar lá, então agora não adianta achar que estarei. Quero aproveitar cada momento, cada convocação, cada oportunidade que o Tite tem dado. Não dá para cravar o que vai acontecer daqui a um ano”

. Foto/Lucas Figueiredo/Mowa Press

 

AS CURTINHAS

A Super Bolla não será mais fornecedora do material esportivo do Rio Branco.

A nova fornecedora será Spieler. O técnico Renê Marques intermediou os primeiros contatos entre clube e empresa. A estreia do novo matéria deve ocorrer no domingo, às 17h, contra o Genus-RO.

O lutador acreano Francimar Bodão retorna ao tatame dia 2 de setembro no UFC Holanda, em Roterdã. O adversário será o estreante Aleksandar Rakic, austríaco de 25 anos.

Bom dia!

93

O Árbitro Fábio Santos negou ao presidente da Federação de Futebol do Acre (Aquino Lopes) que tenha sido ele o pivô da anulação do gol legitimo do atacante celeste Neto na partida de domingo contra o Princesa do Solimões (AM), segundo informou a coluna o cronista esportivo Demóstenes Nascimento (Bancada do Esporte). No entanto, o árbitro tem sido acusado pelos dirigentes celeste do erro.

Técnico balança, mas não cai

O técnico do Real Desportivo Simonio Veiga ganhou sobrevida na Série D. Foto/futeboldonorte.com

O técnico do Real Desportivo Simonio Veiga ganhou sobrevida após duas derrotas seguida do clube na disputa do Campeonato Brasileiro da Série D. Ontem (29), pela manhã, o presidente do clube se reuniu com o treinador e colocou um ponto final na história de demissão do comandante.

Último colocado na disputa do Grupo A1 do Campeonato Brasileiro da Série D, o Real Desportivo terá como próximo adversário o líder Atlético Acreano. O confronto ocorre no domingo, às 17h, no estádio Florestão.

AS CURTINHAS

VOU abrir minhas notinhas de hoje agradecendo as pessoas que contribuíram para que o preparador de goleiros Adriano Feitosa tivesse um velório e sepultamento digno, após ser achado morto na última sexta-feira em seu apartamento na cidade de Cobija-BOL.

ENTRE os bolivianos nossos agradecimentos aos dirigentes Pollo Cardenas e Nico Soares (Miraflores), assim como ao goleiro Pablo Siqueira, esse inclusive em contanto com a coluna logo após acharem o corpo de Adriano Feitosa.

DO lado brasileiro parabenizo o esforço do taxista Guri e do presidente interino do Alto Acre, Alessandro de Souza, assim como dos jogadores Vaca e Eduardo Silva, não se esquecendo do goleiro Thiago, com passagem pelo Alto Acre, que deixou seus afazeres na pizzaria de Xapuri para acompanhar o velório e o sepultamento de Adriano Feitosa.

SE eu me esqueci de mais alguém, peço desculpa, mas volto a parabenizar a ação de cada um neste momento de dor da família Feitosa.

Bom dia!

759

MANOEL FAÇANHA

O Atlético Acreano estreou bem na disputa do Campeonato Brasileiro da Série D. O bicampeão acreano, jogando longe da sua torcida, precisamente no estádio Zerão, em Macapá-AP, superou o Trem por 3 a 2, em jogo válido pelo Grupo 1.

Com a vitória, o bicampeão acreano divide a liderança do grupo com a equipe do Princesa do Solimões, mas o time celeste perde a ponta da tabela no saldo de gols (3 – 1).

O Galo Carijó retorna a campo no domingo, às 17h, possivelmente com a partida ocorrendo no estádio Florestão, quando faz o choque dos lideres contra o Princesa do Solimões-AM.

Jogo

Mesmo fora de casa, o Atlético Acreano iniciou o duelo jogando com personalidade e, aos 11 minutos, o meia Careca mandou a bola para a rede do rubro-negro amapaense.

Dois minutos depois, os amapaenses quase deixam tudo igual no placar, mas o goleiro Babau fez grande defesa na finalização de Wegno.

Com o tropeço em casa, o Trem tentou pressionar o bicampeão acreano, mas não tinha poder ‘fogo’.

Bem fechado e valorizando a posse de bola, o Galo Carijó ampliou a vantagem aos 39 minutos. O meia-atacante Polaco fez boa jogada pela direita serviu Eduardo. O atacante celeste não perdoou e ampliou a vantagem do time acreano.

Reação do Trem-AP

Na etapa complementar, o rubro-negro amapaense veio para o chamado tudo ou nada, pressionando o bicampeão acreano.

Aos quatro minutos, o atacante Feijão arriscou de meia distância. A bola viajou e explodiu no travessão e no corpo do goleiro Babau, indo à linha de fundo.

Na base da força de vontade, o Trem pressionava na busca do primeiro gol, mas a defesa celeste respondia bem.

Bem compactado, o time celeste trocava passe e explorava com inteligência os contragolpes. Aos 23 minutos, o atacante Eduardo entrou em velocidade na defesa rubronegra, fintou o goleiro Ferrari e mandou para a rede Galo 3 a 0!

Quatro minutos depois, o atacante Wegno ganhou no jogo aéreo e testou com violência para a rede acreana.

Nos minutos finais o Trem-AP voltou a pressionar o bicampeão acreano e conseguiu diminuir a vantagem, após cobrança de penalidade do jogador Wegno.

Trem-AP 2 x 3 Atlético

Local: Estádio Zerão, Macapá (AP)
Data: 22/05/2017
Arbitragem: Joelson Nazareno (PA)
Assistentes: Inácio Barreto da Camara e Roberto Soares dos Santos Júnior (AP)
Gols: Careca e Eduardo, duas vezes (AA); Wegno (Trem-AP)
Cartões amarelos: Tragodara e Babau (AA);

Trem-AP: Ferrari, Serafim, Brendeo, Ezequias e Caio; Jadão (Diego Piraca), Dudu, Wegno e Kariri; Lucão (Dadinho) e Ronald (Feijão). Técnico: Sandro Macapá

Atlético Acreano: Babau, Januário (Matheus), Diego, Pé de Ferro, Alfredo (Antonio Marcos); Tragodara (Olliver), Joel, Careca; Eduardo, Polaco e Neto. Técnico: Álvaro Miguéis

Coluna do Dandão

77
Independente de qual equipe venha a sagrar-se campeã da segunda divisão do campeonato acreano de futebol profissional, eu acho que todas as três envolvidas...